A Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB) contratou o Banco Comercial de Investimentos (BCI) e o “português” Banco de Investimento Global (BIG) para liderar o sindicato bancário que vai organizar, registar, obter autorização, publicitar, lançar e executar a venda de 7,5% das acções da empresa na Bolsa de Valores de Moçambique (BVM).

A HCB considera que o processo de venda de 7,5% das acções, através da Bolsa de Valores de Moçambique, irá contribuir para a promoção da inclusão económica dos moçambicanos bem como para a consolidação da credibilidade da Hidroeléctrica junto dos principais stakeholders nacionais e internacionais, com enfoque para as instituições financeiras, pois demonstra a abertura e predisposição da empresa na adesão às boas práticas internacionalmente aceites de governação corporativa e ao permanente escrutínio público.

Advertisements

O concurso público para contratar a entidade que irá liderar o processo de venda daquela participação foi lançado em Fevereiro passado, informando o comunicado divulgado nessa altura que a operação seria efectuada através de uma Oferta Pública de Venda.

 

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.