Os empreiteiros de mineração de aluvião que operam na concessão de Manica da Xtract Resources, no centro de Moçambique, produziram 1.703 onças de ouro no segundo trimestre, por sinal um aumento de 41,9% em relação ao trimestre anterior.

Segundo Colin Bird, presidente executivo da Xtract Resources, os resultados demonstram uma tendência crescente na produção trimestral.

Advertisements

A produção do primeiro trimestre do ano em curso foi sobremaneira afectada pela época chuvosa e, também, pelas condições precárias no que ao processamento diz respeito no oeste.

No segundo trimestre não foram registadas chuvas, contudo, a produção voltou a ser condiciona pelas condições de processamento, como resultado de ouro fino e ocorrências erráticas de ouro.

A Xtract está sempre a fazer revisão das suas operações aluviais e, ao mesmo tempo, separar os aluviais de topografia superior dos aluviais. Espera-se que esses arranjos sejam feitas brevemente.

“Tomamos a decisão de empregar diferentes empreiteiros para os terraços e adjacentes aos aluviais do rio e a nomeação deverá ser anunciada em breve. Desde que a produção de aluvião começou em 2017, o Explorator foi autofinanciado e nós somos encorajados pelos níveis de produção sendo mantidos por um empreiteiro”, disse Bird.

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.