O projeto PNG LNG, operado pela ExxonMobil, garantiu um acordo de três anos para fornecer gás natural liquefeito (GNL) à PetroChina, sediada em Hong Kong, de acordo com os sócios australianos Santos e Oil Search.

O acordo prevê cerca de 0.45 milhões de toneladas por ano (0.45Mt / ano) de GNL da operação de Papua Nova Guiné fornecida à PetroChina por 1.35Mt no total. Por outro lado, A ExxonMobil está, também, a negociar mais contratos para o fornecimento de GNL a médio prazo que deverão aumentar as vendas para 1,3Mt / ano.

Advertisements

O acordo firmado com a PetroChina eleva o volume total do projeto para 7Mt / a, com 6,6Mt comprometidos com os principais clientes asiáticos, Sinopec, CPC, JERA e Osaka Gas.

O diretor-gerente da Oil Search, Peter Botten, disse que a empresa ficou satisfeita por acordo com a PetroChina, já uma compradora ativa de cargas spot do projeto.“Esta é a primeira venda a médio prazo a ser finalizada para o suprimento de até 1,3Mt / ano (no total) da PNG LNG por um período de até cinco anos”, explicou.

Continuando, Botten declarou que “A ExxonMobil, em nome dos participantes do projeto PNG LNG, está em negociações com várias outras partes para potenciais contratos de fornecimento de GNL, que devem ser finalizados no curto prazo.”

Refira-se que O projeto PNG LNG faz parte de uma juncão que inclui a operadora-proprietária ExxonMobil (32,2%), a Oil Search (29%), a estatal PNG Kumul Petroleum (16,8%), Santos (13,5%), JX. Nippon (4,7 por cento) e Companhia de Desenvolvimento de Recursos Minerais (2,8 por cento).

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.