A diversificada mineradora Exxaro Resources obteve um desempenho financeiro robusto para o exercício encerrado no dia 31 de Dezembro de 2018. A empresa registou produção recorde de carvão, vendas e exportações, enquanto sua receita aumentou 12% em relação ao ano anterior, 25,5 bilhões de rands.

Por outro lado, o seu lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) aumentou em 4,5 bilhões ano a ano para 7 bilhões de rands. A mineradora declarou um dividendo final em dinheiro de uma acção de 5,55 rands e um dividendo total por acção de 10,85 rands – um aumento de 55% no comparativo anual.

Advertisements

O CEO da Exxaro, Mxolisi Mgojo, disse que o crescimento dos lucros da empresa foi resultado de custos pontuais no ano anterior, como os custos de transação de empoderamento econômico negros que foram totalmente contabilizados em 2017.

Mgojo citou desafios no início do primeiro semestre de 2018, incluindo interrupções das comunidades, o que resultou em uma perda de 21 dias de produção devido a paralisações. Houve também “problemas” no Terminal de Carvão da Baía de Richard, onde o mau tempo interrompeu o carregamento de navios.

O Ebitda de 7 bilhões de rands foi suficiente para cobrir o aumento de 1,9 bilhão de rands em despesas de capital (capex), que Mgojo atribuiu ao avanço do projecto Grootegeluk 6 para a Fase 2 e projectos na mina de Belfast, que estão adiantados e vão entregar primeiro carvão no primeiro semestre deste ano.

Mgojo informou ainda que a posição positiva de 69 milhões no final do ano anterior foi uma anomalia, dado um número de transações no ano que resultou em receitas únicas, e que a posição de dívida líquida em Dezembro é mais realista.

Enquanto isso, os volumes, vendas e exportações de carvão de todos os tempos da Exxaro foram apoiados por factores positivos, como aumento da oferta para a Eskom, principalmente para a usina de Medupi, e forte demanda de exportação internacionalmente.

Para optimizar ainda mais seu portfólio, a Exxaro vendeu com sucesso a sua mina noncore Manyeka para a Universal Coal por 90 milhões de rands, com o ganho da disposição no valor de 69 milhões. Além disso, a alienação da NBC, concluída em Outubro de 2018, resultou em um ganho de 102 milhões.

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.