A Sasol, petroquímica  sul – africana com operações de gás natural em Moçambique, abriu oficialmente mais uma mina de carvão na província de Mpumalanga, onde beneficia o carvão em combustível de alto valor e produtos químicos em escala mundial.

Com o ‘sucesso’ alcançado em isiZulu, a Impumelelo é uma das três minas de classe mundial que a Sasol construiu na última década como parte de seu programa de substituição de minas de 14 bilhões de rands e inclui Thubelisha e Shondoni.

Advertisements

Com um investimento de 5,6 bilhões de rands, a Impumelelo terá capacidade para produzir 10,5 milhões de tpa. Actualmente, a mina de carvão emprega 1760 pessoas, a maioria de comunidades próximas de Mpumalanga.

“Além de sustentar cerca de 4.000 empregos, as novas minas são essenciais para assegurar o fornecimento de carvão às operações da Sasol Secunda Synfuels até pelo menos 2050”, disse o presidente e CEO da Sasol, Bongani Nqwababa.

Uma característica única das minas é o investimento em medidas tecnologicamente avançadas que a Sasol tomou para garantir a segurança dos seus empregados, bem como do meio ambiente.

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.