O Governo moçambicano concedeu à Triton Minerals uma concessão de mineração para o seu projecto de grafite em Ancuabe, abrindo caminho para o desenvolvimento de mais projectos.

“A direcção está extremamente satisfeita por receber a aprovação final do governo para a Ancuabe. Moçambique tem uma longa e orgulhosa história de mineração e os órgãos governamentais regionais e nacionais têm sido extremamente favoráveis ​​durante o processo de licenciamento, reforçando ainda mais que o país é um local privilegiado para investimentos em mineração na África Oriental ”, disse Peter Canterbury.

Advertisements

Canterbury observou, por outro lado, que a concessão de uma concessão de mineração era um elemento crítico do processo de financiamento que estava em progressão.

Um estudo de viabilidade definitivo do projecto Ancuabe estimou que seria necessário capital de pré-produção de 99,4 milhões de dólares para construir uma mina capaz de produzir cerca de 60 mil t / ano de concentrado de grafite.

“A Triton assinou acordos de compra vinculativa de aproximadamente 53% da produção anual da Ancuabe. Celebrou um contrato de engenharia, aprovisionamento e construção com a MCC International, foi concedida a sua concessão mineira que é a aprovação final necessária para iniciar a produção na Ancuabe”, disse Canterbury

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.